Através de duas teorias bem promissoras sobre a utilização do método contraceptivo por homens, existe a possibilitando da ascensão dos anticoncepcionais masculinos.

Há duas teorias em que esse método possa ser executado, uma é o desenvolvimento de um anticoncepcional em gel para injetar nos ductos deferentes do homem, já a outra teoria é a fabricação de uma pílula anticoncepcional capaz de retardar o movimento dos espermatozoides.

As mulheres são portadoras de diversos métodos contraceptivos, enquanto o público masculino conta com apenas com duas formas para evitar uma gravidez, são os preservativos e a cirurgia de vasectomia, duas maneiras de dificultar a chegada dos os espermatozoides até o óvulo, evitando assim, uma gravidez. Mas, ao que depender dos cientistas, dentro de pouco tempo, esse quadro mudará dando espaço ascensão dos novos protótipos de anticoncepcionais masculinos.

O preservativo acaba sendo a técnica mais utilizada, por ser reversível e, principalmente por conta da sua praticidade. A vasectomia, por outro lado, é utilizada por homens que não desejam ter mais filhos, por ser mais definitiva.

Contudo, há diversas pesquisas que estão sendo feitas, nos últimos anos, a fim de produzir um anticoncepcional reversível para agir aliado ao preservativo e assim, proporcionar mais alternativas aos homens.

Anticoncepcional em gel

Esta modalidade de anticoncepcional consiste na aplicação da substância Vasalgel nos canais deferentes, localizados nos testículos do homem. Esse tipo de gel impedirá dos espermatozoides num prazo de até 10 anos.

Os canais deferentes são responsáveis por transportar os espermatozoides e com a aplicação do Vasalgel, será impossível que isso aconteça, se assemelhando com o que acontece em uma cirurgia de vasectomia. Contudo, a aplicação do gel pode ser mais reversível que a vasectomia, acabando o seu efeito depois de algum tempo, ou também, por meio da aplicação de uma injeção com bicarbonato de sódio.

A produção de hormônios masculinos não é afetada pelo Vasalgel, também não há contraindicações, nem modifica a produção dos hormônios masculinos, mas essa nova forma de prevenção ainda está sendo estudada.

Anticoncepcional em pílula

Uma pesquisa realizada para entender os efeitos da substância de uma pílula anticoncepcional em homens aponta eficácia em seus resultados, propiciando a produção do esperado anticoncepcional masculino.

Existe uma substância capaz de proporcionar a infertilidade temporariamente nos homens e foi descoberta pelos pesquisadores de uma Universidade na Inglaterra. Esse composto inibe uma proteína, localizada na cauda do espermatozoide, impossibilitando sua movimentação e sua chegada ao óvulo.

A pesquisa foi apresentada durante o Congresso da Endocrine Society, o ENDO 2018, o maior evento internacional de Endocrinologia e Metabologia que ocorreu em Chicago, nos Estados Unidos. E também foi recebida com muito entusiasmo na conferência anual dos endocrinologistas, pois há muito tempo que os pesquisadores estudavam uma forma de desenvolver a versão para homens do contraceptivo oral.

Com isso, essa teoria revela que será possível produzir um comprimido, por meio da substância, semelhante à pílula anticoncepcional feminina. De acordo com os estudiosos, o prazo de liberação para o uso deste anticoncepcional masculino será de até 2021.